A Secretaria do Desenvolvimento Social lançou no dia 14 de dezembro a campanha “Segunda Sem Carne” dentro do programa de restaurantes populares Bom Prato, do governo do estado de São Paulo – a primeira unidade beneficiada é a de Santo Amaro, que atende 2,5 mil pessoas por dia, e a partir de agora substituirá a carne por proteína vegetal toda segunda-feira. As outras 48 unidades do "Bom Prato" iniciarão a nova rotina gradativamente ao longo de 2016.

A intenção é que, até o ano que vem, todas as 49 unidades - que servem almoço ao preço de R$1,00 - adotem a campanha.

O projeto, quando totalmente implementado, beneficiará mais de 80 mil pessoas a cada segunda-feira com uma alimentação saborosa e rica em proteínas e outros nutrientes, mas sem a presença da carne.

A ideia partiu da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) e do deputado estadual Roberto Tripoli (PV-SP), que levaram a proposta à Secretaria do Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo. No lançamento, estiveram presentes a coordenadora de campanhas da SVB, Mônica Buava, a nutricionista Alessandra Luglio, a assessora parlamentar do Deputado Estadual Roberto Tripoli, Regina Macedo, e o Secretário de Estado de Desenvolvimento Social de São Paulo Floriano Pesaro.

Antes do início da Segunda Sem Carne no Bom Prato, foram realizados dois testes cegos com os freqüentadores, ambos com mais de 90% de aprovação. No cardápio do lançamento, foi servido: quibe de proteína de soja, arroz, feijão, pão, farinha, seleta de legumes (batata, cenoura e chuchu), salada de alface, acompanhado por suco de frutas vermelhas e banana como sobremesa.

A ideia do projeto, segundo Mônica Buava, gerente da campanha Segunda Sem Carne, é possibilitar que a população - inclusive de baixa renda - descubra novos sabores e perceba que é possível ter uma refeição farta, saborosa e nutritiva sem carne. "A sociedade civil aplaude o empenho do Deputado Roberto Tripoli e o apoio do secretário Floriano Pesaro com a adesão da Secretaria do Desenvolvimento Social do estado de São Paulo à campanha Segunda Sem Carne, que beneficia não apenas a saúde das pessoas, mas também a saúde do planeta - e salva a vida de milhares de animais", salienta.

Quando o programa estiver inteiramente implementado, os restaurantes "Bom Prato" deixarão de comprar, juntos, cerca de 30 mil quilos de carne, que serão substituídos por fontes vegetais de proteína. “Estas refeições contribuirão para uma melhor saúde dos usuários do Bom Prato, já que as proteínas vegetais - como soja, feijões e outros alimentos - são vantajosas para evitar diabetes, hipertensão, obesidade e doenças cardiovasculares”, explicou Floriano Pesaro, Secretário do Desenvolvimento Social (SDS/SP), órgão responsável pelo programa Bom Prato. “As proteínas vegetais, por exemplo, não contêm colesterol e contêm menos sódio”, reitera.

A Segunda Sem Carne, que agora alcançou os restaurantes populares do estado, já existia na rede municipal de ensino de São Paulo. “Estamos otimistas. A população e o poder público estão percebendo que é possível mudar o mundo e melhorar a saúde tirando a carne do prato, e isso tudo sem perder em sabor e nutrição”, frisa Monica Buava.

 

Sobre o programa Bom Prato

Lançado no ano de 2000, o programa de segurança alimentar Bom Prato foi criado pelo governo do estado de São Paulo para oferecer à população de baixa renda refeições saudáveis e de preço acessível. Conta com 49 restaurantes em todo o estado de São Paulo, sendo 22 na capital, oito na grande São Paulo, cinco no litoral e 14 no interior. A refeição custa R$ 1 ao usuário, e tem subsídio governamental de R$ 3,50 para adultos e R$ 4,50 para crianças de até seis anos, que não pagam.

 

Sobre a SVB

Fundada em 2003, a Sociedade Vegetariana Brasileira promove o vegetarianismo como uma opção alimentar ética, saudável e sustentável. Por meio de campanhas, convênios, eventos, pesquisa e ativismo político, a SVB realiza a conscientização sobre os benefícios do vegetarianismo, e trabalha para aumentar o acesso da população a produtos e serviços vegetarianos. No ano de sua fundação, sediou o 36º Congresso Vegetariano Mundial e, nesses doze anos, foi responsável por eventos como o VegFest – Congresso Vegetariano Brasileiro, 12º Festival Vegano Internacional, Parada Veg, Mostra Internacional de Cinema Pelos Animais, entre outros.

 

Filiação

Os filiados à SVB, além de ajudarem a viabilizar o trabalho de uma das organizações vegetarianas mais atuantes do mundo, têm uma série de vantagens: com a contribuição de R$ 10 mensais ou R$ 100 anuais, o associado ganha uma carteira de filiação e descontos em congressos, cursos, feiras e diversos estabelecimentos vegetarianos no Brasil. Também recebe dois livretos: “Comendo o Planeta: Impactos Ambientais da Criação e do Consumo de Animais” e “Tudo o Que Você Precisa Saber Sobre Alimentação Vegetariana”, ambos produzidos pela SVB. Há outras opções de valores para contribuição. Todos os detalhes estão no site www.svb.org.br/filiacao

 

Veja as fotos do evento!

 

 

SERVIÇO:

Lançamento “Segunda Sem Carne” no programa Bom Prato 
Quando: Dia 14 de dezembro (segunda-feira), às 11 horas.
Local: Unidade Santo Amaro – Av. Mario Lopes Leão, 685 – Santo Amaro, São Paulo. 

 

INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA:

Literato Comunicação e Conteúdo 
www.literatocomunicacao.com.br 
(41) 3023 6600 
Isadora Rupp (41) 9912-7345

 
 
 
 
 
 

Receba as novidades!

Receitas

Midia

Scroll to top