Donate do SVB

Loja Virtual

loja svb

Conheça a Loja Virtual da SVB! Livros, roupas, DVDs e muito mais!

Acesse

Segunda sem Carne

Para quem não é vegetariano e quer dar o 1º passo. Empresas e prefeituras estão aderindo.

Experimente  

Selo Vegano

Um programa de certificação que fomenta e valoriza o mercado de produtos veganos.

Conheça 

Junte-se a nós

Sem você, a SVB não existe. Junte-se a nós para que possamos fazer cada vez mais.

Filie-se  

Opção Vegana

Opção Vegana

Seu negócio está preparado para atender uma demanda em constante crescimento?

Saiba mais  

 

A SVB participa da Natural Tech (maior feira de produtos naturais e orgânicos do Brasil) há oito anos, mas em 2014 terá uma participação especial: além de retomar o Festival de Cozinha Vegetariana com dezenas de demonstrações culinárias e um seminário com palestras e mesas redondas, assumirá o restaurante da feira. O evento vai de 4 a 7 de junho.

Os convites foram feitos pela Francal Feiras após dois anos de interrupção do Festival de Cozinha Vegetariana. Além de retomar este festival, que foi sempre lotado nos anos anteriores, a Francal decidiu atender ao pedido de muitos dos seus visitantes e expositores de que houvesse uma boa alimentação vegetariana disponível no restaurante da feira.

Leia mais...
 

Entre outubro e novembro de 2013, a Friboi veiculou comercial televisivo em que uma nutricionista afirma que "carne é essencial" e a SVB reagiu acionando o Conselho de Autorregulação Publicitária (CONAR) pelo comercial enganoso - e também Conselho Regional de Nutrição 4ª Região (CRN-4) para que tomasse as providências diante da postura anti-ética da nutricionista (veja aqui a história). Por conta da reação da SVB, a nutricionista foi questionada e agora se manifestou diretamente por e-mail pedindo desculpas à SVB pelo ocorrido.

Ao pedir "desculpas pela fala do comercial da Friboi", a nutricionista Roberta Ferreira (CRN 2004-1-01181) alegou: "De maneira nenhuma quis ofender os vegetarianos, o que acontece é que eu não escolho a fala da propaganda". Na mensagem, ela disse ainda que estava "muito nervosa em fazer a cena", que não se atentou ao que estava escrito e que sabe que proteínas estão presentes em fontes vegetais também.

Leia mais...
Mapa Meatless Monday
 

Desde 2003, quando a Escola de Saúde Pública John Hopkins Bloomberg (EUA) lançou a "Meatless Monday", diversas organizações de cunho socioambiental e animalista do mundo se apropriaram deste movimento para despertar na população uma reflexão sobre os impactos que o consumo de carne traz.

Hoje a iniciativa está em mais de 30 países, sendo que cada uma age de forma autônoma. A Campanha Segunda Sem Carne foi lançada no Brasil em 2009 pela Sociedade Vegetariana Brasileira em parceria com a Secretaria do Verde e Meio Ambiente da Prefeitura de São Paulo.

Com o intuito de estreitar relações, trocar experiências e colaborar mutuamente, em fevereiro de 2014 ocorreram duas conference calls com os responsáveis das campanhas de mais de 15 países.

Leia mais...
Mapa Meatless Monday
 

Um grupo da SVB participou do Acampamento Nacional pelos Direitos dos Animais, em Brasília. No dia 20 de fevereiro de 2014 se encerraram as atividades do acampamento. Entre os dias 18 e 19, o acampamento teve seu pico de participação, com algo em torno de 200 pessoas, vindas de Minas Gerais, Pernambuco, Paraíba, São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro, entre outros estados.

O evento, que teve uma boa dose de autoritarismo, especismo e pouca clareza por parte dos organizadores (que por isso acabaram perdendo rapidamente sua legitimidade diante dos ativistas, que não queriam virar massa de manobra), acabou tendo o seu alinhamento e foco comprometido, mas conseguiu dar luz a algumas reivindicações.

Na quarta-feira, dia 19 de fevereiro, houve sessão plenária na Câmara Federal com a presença de cerca de 100 ativistas, na qual havia esperanças de que o presidente da casa colocaria em votação pelo menos um dos PLs animalistas que estavam prontos, ainda que nesta época os poucos deputados presentes estejam, em princípio, dedicados à votação de emendas constitucionais - e não projetos de lei.

Leia mais...
 

A SVB foi criada em agosto de 2003, em um tempo em que o movimento vegetariano brasileiro ainda estava nascendo e era muito carente de informações, atividades e conteúdo organizado. Mais de dez anos depois, a SVB lança seu novo site visando mais segurança, mais utilidade para o usuário e melhor navegabilidade.

À época da fundação da SVB, junto com outros portais e conteúdos que se iniciavam, o site da SVB representou um importante veículo de informação para os interessados neste movimento, tanto quanto serviu para iniciar sua base de estabelecimentos conveniados e filiados.

O tempo passou, as tecnologias avançaram e o movimento vegetariano cresceu e frutificou. A SVB participou ativamente deste desenvolvimento, puxando campanhas de peso que aumentaram o número de vegetarianos, colocaram os benefícios do vegetarianismo em evidência na sociedade e levaram a mensagem para milhões de pessoas. (Veja o vídeo SVB 10 anos / Veja as dez maiores realizações da SVB em 2013).

Leia mais...
 
Diante de grande pressão popular, governador Geraldo Alckmin sancionou lei pioneira. Ativistas da SVB e de outras dezenas de ONGs, grupos e coletivos participaram da mobilização. Desde outubro de 2013, quando estourou no Brasil e no mundo um acalorado debate sobre a questionada validade do uso de animais para experimentação (a partir do advento do resgate de animais do Instituto Royal, em São Roque/SP), uma série de iniciativas legislativas, institucionais e ativistas têm proliferado por todo o país.
 
Uma destas iniciativas mais notáveis foi a de protocolar um Projeto de Lei que previa a proibição do uso de animais para desenvolvimento de cosméticos, uma prática rudimentar e bárbara que, ao contrário do que grande parte da população pensava, ainda era realizada até hoje. O PL 777/2013, de autoria do Deputado Estadual Feliciano Filho (PEN/SP), tramitou com agilidade na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, e no dia 4 de janeiro de 2014 chegou à mesa do governador Geraldo Alckmin para aguardar sua sanção ou veto.
 
Leia mais...

Receba as novidades!

Receitas

Midia

Youtube SVB

Scroll to top