Captura de Tela 2018 08 13 as 6.12.07 AM

Com 1270 estabelecimentos de assistência social, a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento de São Paulo (SMADS) deu início à implementação da Segunda Sem Carne em suas instituições, como os centros de referência em assistência social e os centros de acolhimento para crianças e adolescentes. O projeto visa fornecer uma alimentação mais ambientalmente adequada e também que seja saborosa, balanceada e com menos gordura e sódio, como preconizado pelo Guia Alimentar do Ministério da Saúde.

A ideia partiu da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) em parceria com a Humane Society International (HSI) e com o vereador Reginaldo Tripoli (PV-SP), que levaram a proposta às nutricionistas da SMADS, Célia Maria Vairo e Márcia Maria Rodrigues, e recebeu total apoio do Secretário Filipe Sabará.

"É preciso abrir caminho para novas opções de consumo responsável, inclusive na alimentação. Eu mesmo mudei os meus hábitos alimentares, reduzindo o consumo de carne. E posso dizer que me sinto hoje muito mais saudável. O uso da ‘mistura’ vegetal já é muito bem aceito nas escolas municipais, com o apoio, inclusive, dos alunos”, defendeu o vereador Reginaldo Tripoli.

 

WhatsApp Image 2018 08 10 at 14.58.28
Reginaldo Tripoli, Mônica Buava e Filipe Sabará

O processo de implementação se iniciou com um projeto piloto em 60 centros, mas a intenção é realizar o treinamento em todos os 1270 serviços, como os CRAS (Centros de Referência em Assistência Social), CCAS (Centros para Crianças e Adolescentes) e SAICAS (Serviços de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes). Para cada local, são seguidas três etapas: (1) Workshop de treinamento, (2) Visita in loco e (3) acompanhamento. Ao término da implementação, o programa contemplará mais de 220 mil pessoas atendidas, servindo 11,5 milhões de refeições por ano.

 

Nos primeiros workshops, que ocorreram em julho, os cozinheiros e gestores dos CCAS e SAICAS conheceram os benefícios que a alimentação baseada em vegetais traz para a saúde das pessoas e do planeta. Mas a parte que mais gostaram foi aprender novas receitas e descobrir novos sabores e novos preparos com proteínas vegetais (soja, lentilha, grão de bico, entre outros). O vídeo abaixo mostra como foi:

ssc thumb

 Na segunda fase, os chefs de cozinha da SVB e HSI visitarão todas as instituições para ensinar às equipes de cada centro a fazer preparações de pratos principais, bolos, pães e outras receitas que sejam fáceis, baratas e nutritivas. Para garantir que a equipe de cada local se sinta segura, as ONGs também darão as orientações para elaboração de cardápio, listas de compras e o que mais for necessário para assegurar tranquilidade de aprovação de todos.

Captura de Tela 2018 08 13 as 6.10.28 AM

“A implementação da Segunda Sem Carne na SMADS nos inspira todos os dias. Levar uma alimentação saudável, sustentável e compassiva a uma população que tem poucos recursos enche de esperança a nossa equipe. As pessoas atendidas nos retribuem com muito amor e carinho. São momentos assim que recarregam nossa bateria para trabalhar por um mundo mais justo para todos” - comenta, emocionada, Monica Buava, gerente de campanhas da SVB.

equipe treinamento smads

Receba as novidades!

Receitas

Midia

Scroll to top