donate-home.png

Em março de 2014, o Promotor de Justiça do MP/RN Silvio Brito promoveu uma degustação da carne de dois jumentos abandonados na beira das estradas do estado, com a intenção de estimular este hábito bárbaro e cruel e assim exterminar milhares de jumentos errantes. Determinada a impedir este absurdo, a SVB lançou uma petição pela plataforma change.org exigindo do Ministério Público do estado a suspensão imediata da iniciativa. Assine a petição aqui.

Visando retirar os jumentos da beira das estradas, o promotor alega que o hábito de consumo da carne destes animais deve ser estimulado. O representante do Ministério Público, responsável pela comarca de Apodi/RN, chegou a sugerir que a carne fosse utilizada para alimentar presidiários.

"O Ministério Público deve proteger os animais e está fazendo justamente o contrário. Estes animais não têm culpa de ter sido abandonados à própria sorte. É inadmissível que, em vez de promover a adoção e guarda responsável, o MP promova o extermínio. Temos que impedir esse absurdo", disse Marly Winckler, presidente da SVB.

Leia mais...
 

O Guia Alimentar do Ministério da Saúde está disponível para consulta pública e não traz a possibilidade de o indivíduo adotar uma dieta vegetariana, apesar de quase 10% da população brasileira já se declarar vegetariana.

A publicação serve como referência para políticas públicas estaduais, municipais e de instituições privadas na área de saúde e alimentação em todo o Brasil. Na edição anterior (2008), havia uma página dedicada ao vegetarianismo, mas que não passava informações adequadas para que o indivíduo pudesse adotar essa dieta. A edição atual (2014) sequer menciona o vegetarianismo.

Devido à exclusão do tema na edição de 2014, a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) elaborou um parecer oficial que foi enviado aos responsáveis pela elaboração do Guia. O documento pode ser acessado na íntegra aqui e descreve as considerações da SVB sobre alterações que precisam ser feitas no Guia nos aspectos nutricional, ambiental, ético e econômico.

A SVB também submeteu suas contribuições na plataforma de consulta pública oficial (no site do Ministério da Saúde), na esperança de que o Guia seja significativamente melhorado de modo a contemplar a alimentação vegetariana e o crescente número de brasileiros que faz esta escolha.

Leia mais...
Dia mundial sem carne
 
No dia 20 de março de 2014, mais de 20 restaurantes pelo Brasil ofereceram 20% de desconto em seus pratos vegetarianos em comemoração ao Dia Mundial Sem Carne
 
O Dia Mundial Sem Carne (20 de março), que surgiu em 1985 nos Estados Unidos com ONG FARM, já é uma data consagrada no calendário do movimento vegetariano. No mundo inteiro, grupos fazem ações de concientização sobre os impactos que o consumo de carne traz e os diversos benefícios de uma alimentação baseada em frutas, verduras, grãos e legumes.
 
Já não é novidade que as pessoas estão buscando alimentar-se de maneira melhor. Não só a preocupação com o organismo, mas também com o planeta e o mundo em que vivemos é um dos assuntos mais discutidos na atualidade. E claro que parte dessa reflexão recai sobre os hábitos alimentares. Por isso, a SVB – Sociedade Vegetariana Brasileira fez uma ação conjunta com mais de 20 restaurantes por todo Brasil com o intuito de incentivar o maior número de pessoas a deixar a carne e derivados de fora do prato. Como estímulo, os restaurantes participantes ofereceram pelo menos 20% de desconto para todos os clientes. Alguns relataram que chegaram a ter o dobro de clientes neste dia.
Leia mais...
 

A SVB participa da Natural Tech (maior feira de produtos naturais e orgânicos do Brasil) há oito anos, mas em 2014 terá uma participação especial: além de retomar o Festival de Cozinha Vegetariana com dezenas de demonstrações culinárias e um seminário com palestras e mesas redondas, assumirá o restaurante da feira. O evento vai de 4 a 7 de junho.

Os convites foram feitos pela Francal Feiras após dois anos de interrupção do Festival de Cozinha Vegetariana. Além de retomar este festival, que foi sempre lotado nos anos anteriores, a Francal decidiu atender ao pedido de muitos dos seus visitantes e expositores de que houvesse uma boa alimentação vegetariana disponível no restaurante da feira.

Leia mais...
 

Entre outubro e novembro de 2013, a Friboi veiculou comercial televisivo em que uma nutricionista afirma que "carne é essencial" e a SVB reagiu acionando o Conselho de Autorregulação Publicitária (CONAR) pelo comercial enganoso - e também Conselho Regional de Nutrição 4ª Região (CRN-4) para que tomasse as providências diante da postura anti-ética da nutricionista (veja aqui a história). Por conta da reação da SVB, a nutricionista foi questionada e agora se manifestou diretamente por e-mail pedindo desculpas à SVB pelo ocorrido.

Ao pedir "desculpas pela fala do comercial da Friboi", a nutricionista Roberta Ferreira (CRN 2004-1-01181) alegou: "De maneira nenhuma quis ofender os vegetarianos, o que acontece é que eu não escolho a fala da propaganda". Na mensagem, ela disse ainda que estava "muito nervosa em fazer a cena", que não se atentou ao que estava escrito e que sabe que proteínas estão presentes em fontes vegetais também.

Leia mais...
Mapa Meatless Monday
 

Desde 2003, quando a Escola de Saúde Pública John Hopkins Bloomberg (EUA) lançou a "Meatless Monday", diversas organizações de cunho socioambiental e animalista do mundo se apropriaram deste movimento para despertar na população uma reflexão sobre os impactos que o consumo de carne traz.

Hoje a iniciativa está em mais de 30 países, sendo que cada uma age de forma autônoma. A Campanha Segunda Sem Carne foi lançada no Brasil em 2009 pela Sociedade Vegetariana Brasileira em parceria com a Secretaria do Verde e Meio Ambiente da Prefeitura de São Paulo.

Com o intuito de estreitar relações, trocar experiências e colaborar mutuamente, em fevereiro de 2014 ocorreram duas conference calls com os responsáveis das campanhas de mais de 15 países.

Leia mais...

Receba as novidades!

Receitas

Midia

Youtube SVB

Scroll to top